THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Levada pelas emoções

 




Quando você está apaixonada ou com raiva de alguém, seus sentimentos se sobrepõem a qualquer pessoa?
 
Cuidado! Isso pode afetar a sua vida sem você perceber!
 
 
 
 
No auge de seus 55 anos e mais bela do que nunca, Natália do Vale, está de volta à telinha, na pele da impetuosa e passional Carmem, de Páginas da Vida.
 
 
A personagem, que é completamente emotiva e só age por impulso, cria situações desastrosas e não consegue raciocinar quando o assunto é sentimentos. Tanto que ao descobrir que o marido, o galã José Mayer, no papel do canastrão Greg, dá dinheiro a Sandra, Danielle Winits, tentará matá-lo.
 
 
A psicoterapeuta Olga Tessari, de São Paulo (SP), explica que pessoas que não conseguem equilibrar a emoção com razão sofrem demais. “Quando têm uma crise, recebem um não ou as coisas não saem da maneira como haviam planejado, elas exacerbam as emoções e perdem o controle, não conseguindo definir o que é certo ou errado.”
 
 
 
Como uma pessoa se torna passional, esquecendo a razão?
 
 
Para Olga Tessari, existem três motivos que podem desencadear esse comportamento:

 “Ou a pessoa está com problemas que não consegue resolver e, assim, não mantém a serenidade, ou foi uma criança muito mimada que não recebeu limites e agora não sabe receber um não, ou ainda não sabe expressar aos poucos o que sente, represa suas emoções e, quando não agüenta mais, simplesmente explode”, esclarece a especialista.
 
 
 
A solução?
 
A conversa é a melhor saída, tentando mostrar para que é preciso mudar essa situação. Escolha alguém em quem a pessoa “explosiva” confie bastante e indique que está precisando de ajuda. Caso contrário, ela pode acabar sozinha.
 
 
No amor ou na raiva, Carmem é totalmente impulsiva e descontrolada. Quando algo sai fora do controle, ela parte para cima. Para a terapeuta Olga Tessari, isso ocorre porque pessoas muito passionais, são egoístas ao ponto de fazer o que bem entendem em prol de si mesmas sem medir as conseqüências.
 
 
Em Mulheres Apaixonadas, Heloísa – muito bem representada por Giulia Gam – era o retrato da mulher que ama demais, sem limites. “Geralmente, uma mulher assim é tão controladora que os amigos, o companheiro e a família se afastam, para acabar com a manipulação”, diz Olga Tessari.

0 comentários:

Mensagens populares

About Me

A minha fotografia
ANALUZ
Infinitamente sonhadora... O meu maior sonho: - encontrar o sentido da VIDA
Ver o meu perfil completo
Visitors
Locations of Site Visitors