THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

sábado, 14 de janeiro de 2012

O Picking ou Conduta Auto-Lesiva ou Escoriação Neurótica é caracterizado por uma repetição crônica de:

 
  • Tocar
  • Coçar
  • Cutucar
  • Arranhar
  • Furar
  • Escoriar
determinadas regiões da pele, de modo tão intensivo ou repetitivo que acaba provocando o aparecimento de feridas cicatrizes, descolorações na pele.
O paciente pode passar horas no banheiro, por exemplo examinando a pele, procurando pequenas imperfeições, bolinhas, pedacinhos de pele, pelos e arrancando, coçando, cutucando, furando.
A maioria dos casos de Picking é um transtorno isolado sem outros problemas psiquiátricos, mas ele pode ser um sintoma de outras doenças, como por exemplo:
  • Doenças de pele
  • Doenças auto-imunes
  • Transtorno Dismórfico Corporal ou Dismorfia Corporal ou Transtorno Somatoforme Corporal
  • Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC ou DOC)
  • Sintomas de abstinência de drogas opióides Autismo
  • Psicose (por exemplo, Esquizofrenia)
  • Comportamentos auto-mutilantes ou auto-agressivos que existem, por exemplo, no Transtorno de Personalidade Borderline
  • Tricotilomania (mania de arrancar cabelos)
Quando o Picking faz parte de uma dessas doenças, o tratamento delas está em primeiro plano.
Desenvolvimento do Picking:
Geralmente começa com uma ferida na pele, que a pessoa coça, aí coça de novo, acaba não deixando cicatrizar. 
Com o tempo começa a ter uma sensação localizada de coceira ou de necessidade de se cutucar. Aos poucos começa a sentir que em determinadas situações mais ansiosas ou estressadas da vida essas coceiras ou escoriações passam a ser uma válvula de escape para as tensões. O Picking costuma se manifestar quando a pessoa está ansiosa, quando está se sentindo com monotonia e para muitas pessoas traz uma sensação de prazer. Justamente isso faz com que ele nunca passe e acabe produzindo lesões visíveis de pele.
É comum pessoas portadoras de Picking ou Conduta Auto-Lesiva ou Escoriação Neurótica usarem roupas fechadas e mangas compridas mesmo no calor.


Tratamento
Quando o Picking é um sintoma de outra doença, esta doença deve ser tratada de modo apropriado e ele deve passar.
Quando o Picking é a doença em si, um conjunto de tratamentos pode ajudar:
  • Terapia Cognitivo - Comportamental (TCC), que é uma forma de Psicoterapia bem diferente da psicanálise. Na página Trocotilomania existe uma descrição da TCC.
  • Medicação: ajuda muito. Em geral se usa neurolépticos e/ou antidepressivos.
  • O uso de luvas finas (tipo luvas de golfe) ou de esparadrapo (Micropor) nas pontas dos dedos também pode ajudar. Quando a pessoa consegue se cutucar, ela está perpetuando o Picking, quando ela não consegue (porque as pontas dos dedos estão cobertas), ela começa a se descondicionar desse comportamento. É o mesmo que ocorre no tratamento do Transtorno obsessivo compuçsivo. 
  • O paciente precisa estar muito motivado para se tratar. As outras pessoas não entendem, mas que sofre de Picking sente um grande prazer em se cutucar, arranhar, arrancar casquinhas, etc.,

0 comentários:

Mensagens populares

About Me

A minha fotografia
ANALUZ
Infinitamente sonhadora... O meu maior sonho: - encontrar o sentido da VIDA
Ver o meu perfil completo
Visitors
Locations of Site Visitors