THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

A Ansiedade




A ansiedade é uma das coisas que emperram nossa vida,
que acaba com nossa alegria e bem estar. No corpo ela se
manifesta de diversas formas:  aperto no peito, falta de
ar, aflição, suores, comer demais, o ansioso perde o senso,
sente uma agitação aflita (diferente daquele que faz tudo
rapidinho, este não sente aflição). A ansiedade também
imobiliza a cabeça. O que acontece na cabeça então? Medo,
irritação. A cabeça fica um tumulto, abobada, perturbada.
E estraga o seu melhor, e você não dá o que tem, e a
vida fica sem gosto, sem prazer. Se sente fora de tudo,
parece que anula tudo o que está acontecendo, sai fora da
realidade. É doença, por causa do efeito,cansa, acaba com o
vigor. Tira o gosto de viver, causa sérias doenças físicas e
psíquicas.
 
Ela pode ser vencida completamente ou então diminuída.
 


Como a gente FAZ a ansiedade? Indo para o amanhã.
Existe o amanhã? Não,como também não existe o passado
Só temos o agora e só podemos estar no presente. Então a
ansiedade é um fenômeno da imaginação, e esta é ótima
quando bem usada, porém quando mal administrada traz
resultados nefastos. E não adianta falar “VOU LARGAR” É
preciso sim controlar sua imaginação. Eu tenho o arbítrio
para isto.

Como você sabe FAZER a ansiedade, tem que saber
também COMO DESFAZER . Quando você está
fazendo você vai para o futuro e fica lá inventando moda.

Você não está planejando, programando, e isto sim é até
bom, porém você está procurando PROBLEMAS. E aí é
que começa o pior jogo que se pode fazer o jogo do “E
SE...” Isso é terrível, pois imagina sempre o pior e fica lá
tentando resolver o problema (preocupação). Se
(pré)ocupando com algo imaginário. Você produz medo e
ainda fica: “O QUE QUE EU VOU FAZER SE... ? 




 Ex.: vou fazer uma festa daqui 15 dias, e começo agora com os “e
se...”, não estou planejando as coisas necessárias, bebidas,
comidas, etc., e sim conjeturando sobre o que pode
acontecer na festa, se fulano vem, se vai esfriar o tempo, se
a comida vai ser suficiente. E assim coloco agora toda a
energia sobre algo que irá ocorrer somente daqui a 15
dias. Esta energia represada dentro de mim vai provocar a
ansiedade, pois o fato não está ainda ocorrendo para que ela
seja usada. E o que vai acontecer? No dia da festa, após a
mesma, você estará exaurido completamente. Não foi a festa
que cansou, e sim todas as suas expectativas colocadas nos dias
que a precederam.
 

O que é preocupação? É algo que ainda não está e pelo qual
você já está se ocupando, ou seja você está se ocupando
com uma coisa que ainda não existe e que talvez nem vá
existir. E a tendência da preocupação é sempre para o
pior.


Nós aprendemos desde crianças que preocupação é coisa de
gente séria, gente responsável. As pessoas acham que se
preocupar é consideração com os outros: “estou
preocupada com você, pois as coisas podem não dar certo”
Que horror! Você precisa disso?! Isso é doença! Não ajuda a 

pessoa e ainda destrói, isso sim.
 

Viver bem é cabeça boa, cabeça fresca.

Retirado de: -  Curso Vida e Consciência - Gasparetto (continua)

1 comentários:

Anónimo disse...

Mas e aí? Como é que se faz? Descobri agora, com 42 anos, que sempre fui assim, porém estou muito pior agora. Não tenho problemas com a maioria das situações, mas apenas com relação ao trabalho. Me sinto responsável por tudo e não paro de pensar nas coisas que podem dar errado. Com isso, sei que o meu julgamento e análise de risco acabam prejudicados, e assim fico ainda mais preocupado. Como resolver se isso não é somente um pensamento, mas um sentimento?

Mensagens populares

About Me

A minha fotografia
ANALUZ
Infinitamente sonhadora... O meu maior sonho: - encontrar o sentido da VIDA
Ver o meu perfil completo
Visitors
Locations of Site Visitors